Brasil enfrenta calor extremo. Como proteger sua sa√ļde?

As altas temperaturas que ultrapassaram os 40¬ļC em diversas cidades brasileiras est√£o proporcionando um alerta de risco √† sa√ļde, principalmen

Publicado 29/09/2023 às 17:28 por Alex Torres

Continua após a publicidade..

N√£o √© s√≥ o Brasil que enfrenta os desafios de um clima mais quente. Em v√°rias regi√Ķes do mundo, mortes est√£o sendo associadas ao calor. No estado americano do Arizona, as autoridades de sa√ļde p√ļblica do condado de Maricopa ‚Äď o mais populoso do estado e onde se encontra a capital Phoenix ‚Äď confirmaram um aumento no n√ļmero de mortes relacionadas ao calor. At√© 9 de setembro de 2023, foram registradas 202 mortes, um n√ļmero superior aos 175 √≥bitos confirmados no mesmo per√≠odo do ano anterior.

O calor e a sa√ļde do cora√ß√£o

Dr. Rizzieri Gomes, um respeitado cardiologista, nos alerta sobre como o calor excessivo pode ser especialmente prejudicial para o cora√ß√£o. Ele explica que as altas temperaturas podem promover a vasodilata√ß√£o corporal, ou seja, uma dilata√ß√£o nos vasos sangu√≠neos que resulta na redu√ß√£o da press√£o arterial. Isso faz com que o cora√ß√£o precise trabalhar mais para bombear o sangue e, consequentemente, aumenta o risco de condi√ß√Ķes como infarto, AVC, arritmia e insufici√™ncia card√≠aca, principalmente em pessoas que j√° t√™m algum tipo de doen√ßa card√≠aca.

Protegendo-se da onda de calor

forest with sunlight

Ainda assim, com as medidas certas, √© poss√≠vel enfrentar a onda de calor sem descuidar da sa√ļde. O Dr. Rizzieri oferece algumas orienta√ß√Ķes pr√°ticas:

Continua após a publicidade..
  • Permanecer em ambientes ventilados;
  • Manter-se bem hidratado;
  • Evitar a exposi√ß√£o direta ao sol nos hor√°rios entre 10 e 16 horas;
  • Usar roupas leves e soltas;
  • Evitar atividades que exijam esfor√ßo f√≠sico a c√©u aberto durante os hor√°rios de pico de calor;
  • Tomar banhos com √°gua fria para diminuir a temperatura corporal.

Sinais de Alerta: Quando Procurar Ajuda Médica

 

N√£o subestime os sintomas de estresse t√©rmico, que podem rapidamente evoluir para condi√ß√Ķes mais s√©rias, como a insola√ß√£o. Alguns sinais de que voc√™ pode estar em perigo incluem:

  • Tontura ou sensa√ß√£o de desmaio;
  • Sudorese excessiva ou, paradoxalmente, falta de suor mesmo em calor intenso;
  • Pulsa√ß√£o r√°pida e fraca;
  • Pele seca, vermelha e quente;
  • N√°useas e v√īmitos.

Se voc√™ ou algu√©m pr√≥ximo apresentar esses sintomas, √© crucial buscar ajuda m√©dica imediatamente para evitar complica√ß√Ķes que podem ser fatais.

Impactos sociais e solu√ß√Ķes comunit√°rias

O calor extremo n√£o √© apenas um problema de sa√ļde individual; ele tamb√©m tem impactos sociais significativos. Pessoas em situa√ß√£o de vulnerabilidade, como os idosos e sem-teto, s√£o particularmente suscet√≠veis aos efeitos adversos do calor. Comunidades podem e devem se mobilizar para mitigar esses riscos:

  • Estabelecer centros de resfriamento p√ļblicos;
  • Realizar campanhas de conscientiza√ß√£o sobre os perigos do calor extremo;
  • Distribuir √°gua pot√°vel em √°reas de alto risco;
  • Oferecer abrigos tempor√°rios com ar-condicionado para os mais vulner√°veis;
  • Utilizar aplicativos e outras tecnologias para alertar o p√ļblico sobre ondas de calor e fornecer dicas de seguran√ßa.

A a√ß√£o coletiva √© t√£o crucial quanto a responsabilidade individual para minimizar os impactos √† sa√ļde e garantir que todos tenham acesso a ambientes seguros e saud√°veis durante per√≠odos de calor extremo.

O cen√°rio atual de calor extremo que se instala no Brasil √© desafiador, mas com informa√ß√£o e preven√ß√£o, √© poss√≠vel minimizar os impactos √† sa√ļde. Mantenha-se seguro e saud√°vel.

Empregamos cookies indispensáveis e tecnologias correlatas, conforme nossa Política de Privacidade. Ao prosseguir com a navegação, você expressa seu consentimento com tais termos. Politica de Privacidade