Mergulhando nas camadas de uma mente. O que é Transtorno Dissociativo de Identidade (TDI)?

Uma complexa teia de personalidades habita a mente de um indivíduo com Transtorno Dissociativo de Identidade. Neste artigo, exploraremos o intrigante

Publicado 26/08/2023 às 17:18 por Alex Torres

Continua após a publicidade..

A extraordinária história de Giovanna Blasi

Em uma recente edi√ß√£o do programa ‚ÄėFant√°stico‚Äô da TV Globo, exibida no √ļltimo domingo, dia 20, fomos apresentados √† fascinante hist√≥ria de Giovanna Blasi. No entanto, ela prefere ser chamada de ‚ÄúSistema Resili√™ncia‚ÄĚ. Giovanna, de 21 anos, sofre de Transtorno Dissociativo de Identidade (TDI), um raro e severo dist√ļrbio psiqui√°trico que gera uma multiplicidade de personalidades em um indiv√≠duo.

Em entrevista ao programa, Giovanna revelou que possui 18 personalidades singulares que habitam sua mente. Aline, Aurora, Dandara, Aiana, Tat√°, Herbert, Isabella, Laura, Lina, Lua, Luara, Luiza, Maria Helena, Melanie, Mom√ī, Jim e Ariel s√£o os nomes que comp√Ķem seu ‚Äėsistema‚Äô complexo e diverso.

O que é o Transtorno Dissociativo de Identidade?

O TDI √© um enigma psicol√≥gico no qual uma pessoa pode apresentar duas ou mais personalidades distintas. Essas podem ser chamadas de ‚Äúpersonalidades‚ÄĚ ou ‚Äúalter egos‚ÄĚ. Cada uma dessas identidades √© √ļnica, com suas pr√≥prias caracter√≠sticas, mem√≥rias e comportamentos.

Continua após a publicidade..

Um fato intrigante sobre o TDI √© o fen√īmeno da amn√©sia que acompanha as transi√ß√Ķes entre as personalidades. Quando uma personalidade assume o controle, a pessoa esquece tudo o que aconteceu enquanto outra personalidade estava no comando.

Quais s√£o as causas do TDI?

O Dr. Fabiano de Abreu Agrela, pós PhD em neurociências e membro da Society for Neuroscience nos EUA e da Sigma XI, explica que o TDI pode surgir de experiências traumáticas ou abusivas no passado.

Al√©m disso, o especialista acrescenta que fatores gen√©ticos e predisposi√ß√Ķes familiares podem desempenhar um papel na vulnerabilidade ao desenvolvimento do TDI, no entanto, o trauma √© considerado o fator primordial

Existe cura para o TDI?

a blue question mark on a pink background

Segundo o neurocientista Fabiano Agrela, o tratamento do TDI envolve a terapia cognitivo-comportamental, com foco em identificar e desafiar padr√Ķes de pensamento disfuncionais. O objetivo √© unificar as diferentes personalidades, promovendo a coopera√ß√£o e a harmonia interna.

A hist√≥ria de ‚ÄúSistema Resili√™ncia‚ÄĚ (Giovanna) e suas 18 personalidades √© um olhar profundo e fascinante sobre o universo do Transtorno Dissociativo de Identidade. Viver com TDI √© um desafio profundo, mas como vemos na hist√≥ria de Giovanna, a resili√™ncia pode ser uma poderosa aliada na jornada de conviv√™ncia e controle desse complexo transtorno.

A Vida Di√°ria com o TDI

A vida diária com o Transtorno Dissociativo de Identidade é uma jornada complexa e muitas vezes desafiadora. A transição entre diferentes personalidades pode acontecer a qualquer momento, influenciando a maneira como o indivíduo se relaciona com o mundo ao seu redor. O impacto no trabalho, nos estudos, nos relacionamentos e nas atividades cotidianas pode ser profundo. Pessoas com TDI podem enfrentar dificuldades em manter uma rotina estável e encontrar compreensão e apoio em seu círculo social. Compartilhar detalhes sobre como Giovanna lida com esses desafios diários forneceria uma visão mais clara e tangível do que realmente significa viver com TDI.

O Apoio de Amigos e Família

Frequentemente, o sucesso no tratamento e no controle do TDI depende em grande parte do apoio que o indiv√≠duo recebe de amigos e familiares. Como Giovanna enfrentou sua condi√ß√£o? Ela teve o apoio de pessoas pr√≥ximas? Como seus amigos e familiares aprenderam a compreender e aceitar suas m√ļltiplas personalidades? A inclus√£o de informa√ß√Ķes sobre a rede de apoio de Giovanna pode oferecer uma perspectiva humana e calorosa sobre a import√Ęncia da empatia, compreens√£o e amor na jornada de algu√©m com TDI. Al√©m disso, tamb√©m poderia servir como um guia para outras pessoas que desejam apoiar entes queridos com esse transtorno.

Empregamos cookies indispensáveis e tecnologias correlatas, conforme nossa Política de Privacidade. Ao prosseguir com a navegação, você expressa seu consentimento com tais termos. Politica de Privacidade