O desafio do emagrecimento: como a mente pode ser a chave para a perda de peso

Embora a tentação de regimes milagrosos seja grande, especialistas defendem que o verdadeiro caminho para a perda de peso está na mente. A empresária Carol Ferrera, que já pesou 147 kg e hoje é especialista em mudança de mentalidade, compartilha dicas práticas para a reprogramaçã

Publicado 15/08/2023 às 19:57 por Alex Torres

Redes sociais e a pressão da comparação

As redes sociais se tornaram um espa√ßo de constante compara√ß√£o. Com imagens manipuladas e corpos ‚Äúperfeitos‚ÄĚ, elas intensificaram a press√£o sobre a apar√™ncia f√≠sica, o que, segundo Carol Ferrera, tem potencial para desencadear problemas s√©rios de sa√ļde mental. Baixa autoestima, inseguran√ßa e at√© transtornos alimentares, ansiedade e depress√£o podem ser consequ√™ncias dessa busca incessante pelo corpo ideal.

Para ela, é importante que a preocupação com a alimentação e a aparência vá além do emagrecimento, da beleza ou da aceitação social. O foco deve estar em buscar a melhor versão de si mesmo, em um processo de autocuidado e autoaceitação.

Reprogramando o cérebro para a perda de peso

De acordo com Ferrera, √© poss√≠vel ‚Äúreprogramar‚ÄĚ a mente para favorecer a perda de peso. Ela compartilha cinco estrat√©gias:

  • Opte por escolhas saud√°veis ao inv√©s de entrar em dietas restritivas;
  • Identifique claramente os motivos pelos quais voc√™ deseja emagrecer;
  • Seja espec√≠fico em seus objetivos de emagrecimento;
  • Estabele√ßa metas curtas para evitar o sentimento de frustra√ß√£o;
  • Crie uma ‚Äúcaixa da autoconfian√ßa‚ÄĚ com anota√ß√Ķes sobre suas conquistas ao longo do processo.

A conexão entre cérebro e obesidade

Um estudo recente da Memorial University of Newfoundland, no Canad√°, revelou que a inflama√ß√£o do hipot√°lamo, uma regi√£o crucial do c√©rebro para a regula√ß√£o da fome, tem liga√ß√£o direta com o consumo de dietas ricas em gordura. Esta descoberta evidencia o papel do c√©rebro no controle do peso e destaca a necessidade de considerar a sa√ļde mental nos tratamentos de obesidade.

Para o p√≥s-doutor em neuroci√™ncias, Dr. Fabiano de Abreu Agrela, o tratamento da obesidade precisa ser abrangente, envolvendo profissionais de diferentes √°reas e considerando n√£o apenas o peso do paciente, mas diversos outros aspectos. Isso inclui a sa√ļde mental, um fator que, como mostra o estudo canadense, est√° profundamente entrela√ßado com o peso corporal.

Empregamos cookies indispensáveis e tecnologias correlatas, conforme nossa Política de Privacidade. Ao prosseguir com a navegação, você expressa seu consentimento com tais termos. Politica de Privacidade