UOC desenvolve sistema de Inteligência que combate abandono escolar. A intervenção ajuda ou atrapalha?

Um sistema inovador de Inteligência Artificial desenvolvido por pesquisadores da Universitat Oberta de Catalunya (UOC) promete combater o

Publicado 25/09/2023 às 15:35 por Alex Torres

Uma das maiores preocupa√ß√Ķes no campo da educa√ß√£o √© o abandono prematuro dos estudos. Este problema, que n√£o s√≥ impacta a vida dos indiv√≠duos mas tamb√©m desafia o sistema educacional, est√° sendo enfrentado por um time multidisciplinar de pesquisadores da Universitat Oberta de Catalunya (UOC). Eles desenvolveram um sistema de algoritmos de Intelig√™ncia Artificial capaz de identificar diariamente os estudantes em risco de reprova√ß√£o.

Como funciona esse sistema?

Através de uma intervenção automática e precoce, o sistema desenvolvido pode emitir mensagens personalizadas para reverter a situação de risco. De acordo com os pesquisadores, este monitoramento contínuo ajuda a minimizar o tempo entre a detecção dos primeiros sinais de risco e a intervenção do sistema, prevenindo assim o abandono da disciplina.

Esta tecnologia foi testada numa experiência-piloto envolvendo 581 alunos matriculados numa disciplina do primeiro trimestre de diversos programas dos Estudos de Economia e Empresa da UOC. O resultado foi uma diminuição na taxa de abandono da disciplina e um aumento na participação durante o semestre.

A equipe por tr√°s do projeto

David Ba√Īeres ‚Äď Laborat√≥rio de Pesquisa de Sistemas, Software e Modelos

O projeto de pesquisa √© liderado por David Ba√Īeres, do grupo Systems, Software and Models Research Lab (SOM Research Lab), do Internet Interdisciplinary Institute (IN3). A equipe multidisciplinar inclui Ana Elena Guerrero, principal pesquisadora do grupo Technology-Enhanced Knowledge and Interaction Group (TEKING), M. Elena Rodr√≠guez Gonz√°lez, tamb√©m membro do TEKING, e Paul Cortadas, investigador e professor dos Estudos de Economia e Empresa. O projeto de aprendizagem virtual √© apoiado pelo eLearning Innovation Center (eLinC) da UOC, um centro comprometido com a inova√ß√£o e a transforma√ß√£o educacional digital.

Novas melhorias no sistema LIS

As medidas para combater o abandono escolar são bem-vindas, principalmente num país como a Espanha, que possui a segunda maior taxa de abandono escolar prematuro da Europa (14% em 2022, segundo dados do Eurostat), superada apenas pela Romênia. Neste cenário, o sistema LIS (Learning Intelligent System), desenvolvido pelos pesquisadores da UOC e testado com sucesso desde 2019, destaca-se como uma ferramenta promissora.

O LIS j√° contava com um modelo preditivo de conclus√£o do curso baseado em dados hist√≥ricos das disciplinas e nos resultados das avalia√ß√Ķes cont√≠nuas do curso em andamento. No entanto, a recente incorpora√ß√£o de um novo modelo preditivo, denominado Profiled Dropout At Risk (PDAR), elevou a efici√™ncia do sistema.

Enquanto o modelo anterior se baseava em pontos de controle ap√≥s cada atividade, limitando assim a interven√ß√£o a tr√™s ou quatro momentos cada semestre, o novo modelo PDAR √© capaz de gerar uma previs√£o di√°ria do risco de abandono da disciplina, a partir de dados do perfil dos estudantes, do desempenho no curso e das intera√ß√Ķes di√°rias no campus online da UOC.

Abandono escolar na Espanha

person holding pile of books near face

O abandono escolar precoce na Espanha √© uma quest√£o complexa e preocupante. A situa√ß√£o √© ainda mais grave entre os jovens ciganos: 62,8% dos jovens ciganos de 16 a 24 anos n√£o conseguem concluir o ensino fundamental, uma taxa muito superior aos 4% registrados para a popula√ß√£o em geral. Apesar disso, observa-se uma ligeira ‚Äúmelhora‚ÄĚ em rela√ß√£o a 2012, quando a taxa era de 64,4%, segundo o estudo ‚ÄúLa situaci√≥n educativa del alumnado gitano en Espa√Īa‚ÄĚ, apresentado pela Funda√ß√£o Secretariado Gitano.

Al√©m disso, 40% dos estudantes ciganos abandonam os estudos ao completar 16 anos, devido a raz√Ķes como repeti√ß√£o de anos letivos e atraso educacional progressivo. Entre aqueles que abandonaram os estudos aos 16 anos, 17,8% nunca repetiram um ano, 44,5% repetiram uma vez, 28,9% duas vezes e 7,9% tr√™s ou mais vezes.

Espera-se que iniciativas como o sistema de Inteligência Artificial desenvolvido pelos pesquisadores da UOC possam ajudar a reduzir estas estatísticas, fornecendo aos educadores uma ferramenta eficaz para identificar e intervir precocemente nos casos de alunos em risco de abandono escolar.

Aplica√ß√Ķes futuras da tecnologia

O sucesso do sistema LIS (Learning Intelligent System) abre uma s√©rie de possibilidades para aplica√ß√Ķes futuras. Um campo promissor √© a sua adapta√ß√£o para o ensino fundamental e m√©dio, onde o abandono escolar tamb√©m √© uma quest√£o preocupante. A personaliza√ß√£o das interven√ß√Ķes, baseada em an√°lises cont√≠nuas do desempenho e comportamento dos estudantes, poderia ser uma ferramenta poderosa para educadores e administradores escolares. Al√©m disso, a integra√ß√£o dessa tecnologia com outros sistemas educacionais, como plataformas de ensino √† dist√Ęncia e sistemas de gest√£o de aprendizagem, poderia criar um ecossistema educacional mais coeso e eficaz.

Críticas e desafios: Até que ponto a tecnologia é bem vinda quando o assunto é a individualidade de cada pessoa?

group of people standing on white floor tiles

Embora a tecnologia mostre resultados promissores, tamb√©m enfrenta cr√≠ticas e desafios que precisam ser abordados. O uso de algor√≠tmos de Intelig√™ncia Artificial na educa√ß√£o levanta quest√Ķes √©ticas relacionadas √† privacidade dos dados e ao potencial vi√©s algor√≠tmico que pode perpetuar desigualdades sociais. H√° tamb√©m preocupa√ß√Ķes quanto √† efic√°cia a longo prazo do sistema: ser√° que interven√ß√Ķes autom√°ticas s√£o realmente suficientes para manter os estudantes engajados em suas trajet√≥rias educacionais? H√° um debate em curso sobre at√© que ponto a tecnologia pode substituir o elemento humano na educa√ß√£o, especialmente quando se trata de quest√Ķes t√£o complexas e multifacetadas como o abandono escolar.

Empregamos cookies indispensáveis e tecnologias correlatas, conforme nossa Política de Privacidade. Ao prosseguir com a navegação, você expressa seu consentimento com tais termos. Politica de Privacidade