A arte de Comer Bem e Poupar: O Mito da Alimentação Saudável e Cara

Se você acredita que é preciso ter um alto poder aquisitivo para comer bem e de forma saudável, este artigo vai fazer você repensar essa crença.

Publicado 10/08/2023 às 12:41 por Alex Torres

Continua após a publicidade..

De acordo com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), famílias com rendas mais baixas costumam consumir mais alimentos processados e ultraprocessados. Esse consumo excessivo é muitas vezes associado a casos de sobrepeso e obesidade. Mas qual seria a causa dessa discrepância? Seria uma questão de falta de informação nutricional ou o preço mais elevado dos alimentos saudáveis? A resposta é um mix de ambos, mas é importante ressaltar que comer de forma saudável não significa necessariamente gastar mais.

Comida Saudável x Comida Barata: Um Mistério Desvendado

Um estudo macro de 2017 realizado pela Escola de Saúde Pública TH Chan de Harvard mostrou que as dietas mais saudáveis custam apenas 1,5 dólares a mais por dia que as menos saudáveis. Portanto, a possibilidade de comer de forma saudável está ao alcance de todos, apenas é preciso um pouco de planejamento e smart shopping.

Dicas para uma Alimentação Saudável e Econômica

Confira algumas dicas para comer bem, sem comprometer a qualidade dos alimentos e o bolso:

Continua após a publicidade..
  • Cozinhe em casa: Substitua os pratos processados e pré-cozinhados por ingredientes frescos. Mesmo que cozinhar não seja seu forte, opções básicas como filé de frango grelhado, ovos cozidos e saladas são fáceis de preparar e fazem a diferença no seu bem-estar.
  • Visite o mercado: Adquira o hábito de fazer compras no mercado local. Além de oferecer alimentos mais frescos e saborosos, os preços costumam ser mais em conta. Lembre-se, no entanto, de comprar apenas o que for consumir.
  • Aposte em alimentos congelados e conservas saudáveis: Existem muitas opções de alimentos congelados saudáveis disponíveis no mercado. Além disso, conservas de leguminosas são ótimas opções para quem não tem muito tempo para cozinhar e quer manter uma alimentação balanceada.
  • Planeje seus cardápios: Organize suas refeições com antecedência para evitar cair na tentação de pedir comida em restaurantes ou fast foods. Uma estratégia eficiente é reservar um dia na semana para cozinhar e congelar as refeições.
  • Reduza o consumo de carne e laticínios: Esses alimentos costumam aumentar o valor da conta do supermercado. Lembre-se que há outras fontes de proteínas mais em conta como as leguminosas. Evite carnes processadas e priorize opções mais saudáveis e econômicas como o frango e o peixe congelado.

Portanto, comer bem e de forma saudável é sim possível, mesmo para aqueles com orçamentos mais apertados. Basta um pouco de planejamento, conhecimento e disposição para fazer melhores escolhas alimentares.

Empregamos cookies indispensáveis e tecnologias correlatas, conforme nossa Política de Privacidade. Ao prosseguir com a navegação, você expressa seu consentimento com tais termos. Politica de Privacidade