Conheça os Bilionários Constroem Bunkers: Qual o Motivo da criação das Fortalezas Subterrâneas Modernos?

No mundo das extravagâncias dos ultra-ricos, os bunkers se tornaram mais do que símbolos de segurança: são verdadeiras declarações de poder

Publicado 29/12/2023 às 17:13 por Redação X24

Continua após a publicidade..

O conceito de bunker, apesar de soar contemporâneo, nasce das profundezas dos conflitos bélicos mundiais, como estruturas impenetráveis cavadas no coração da Terra. Emergindo da Primeira Guerra Mundial, esses refúgios foram eternizados na Segunda, notoriamente associados aos últimos dias de Adolf Hitler. Hoje, essas fortalezas subterrâneas transcendem o imaginário militar, tornando-se os novos brinquedos dos bilionários.

Os Domínios Subterrâneos de Zuckerberg

Mark Zuckerberg, o célebre CEO da Meta, é um dos membros mais recentes desse clube exclusivo dos proprietários de bunkers. Em sua ilha paradisíaca de Kauai, o magnata ergue um complexo que vai muito além do convencional. Lá, estruturas emergem entre a natureza, com 11 casas na árvore interconectadas e um bunker de 460 metros quadrados sob residências luxuosas, desafiando a percepção do que é um lar seguro e privativo.

  • Academias e saunas
  • Piscinas e banheiras de hidromassagem
  • Quadra de tênis
  • Lagoa artificial

O repertório de extravagância inclui ainda um sistema autossuficiente de alimentos e água, destacando-se em meio a um patrimônio avaliado em bilhões. Rumores sobre o real propósito dessas construções se espalham, mas o silêncio de Zuckerberg apenas alimenta especulações.

Continua após a publicidade..

Não é só Zuckerberg que aposta em seu pedaço de paz subterrâneo. Personalidades como Bill Gates, Kim Kardashian, e Elon Musk também constroem seus bastiões pessoais. O luxo e a segurança desses espaços sugerem um fascínio pelo preparo para cenários distópicos, um desejo de garantir a continuidade em tempos incertos.

De Abrigos Governamentais a Hotéis Inusitados

A Casa Branca com seu bunker secreto é apenas o começo. O mercado de bunkers não discrimina, oferecendo desde condomínios luxuosos no Kansas, que prometem abrigo por até cinco anos, até hotéis na Rússia que transformam antigas estruturas militares em experiências únicas — embora não recomendadas para os claustrofóbicos.

Pós-Apocalipse no Mercado Imobiliário

A pandemia de Covid-19 acelerou a demanda por bunkers entre os mais variados perfis. Agências imobiliárias especializadas surgem para atender a essa demanda, garantindo segurança contra desastres naturais e ameaças nucleares. A ideia de um seguro de vida pós-apocalíptico ganha força, e projetos arrojados promovem a inclusão de famílias de classe média nesse panorama de resiliência.

Considerações Finais: Brinquedo ou Necessidade?

O que começou como uma construção para tempos de guerra evoluiu para um símbolo de status e, talvez, uma medida prática diante de incertezas globais. Com a crescente popularização dos bunkers, resta a pergunta: estamos apenas nos divertindo com um novo brinquedo extravagante ou nos preparando para um futuro que imaginamos sombrio? O tempo, como sempre, será o mestre que nos ensinará a resposta.

Enquanto isso, refletimos sobre a possibilidade de ter nosso próprio abrigo subterrâneo. Num mundo onde o imprevisível se torna o cotidiano, talvez não seja tão inusitado pensar em um plano B. Agradecemos por acompanhar essa jornada ao coração dos refúgios mais exclusivos do planeta — até a próxima descoberta!

Veja o vídeo completo abaixo:

Empregamos cookies indispensáveis e tecnologias correlatas, conforme nossa Política de Privacidade. Ao prosseguir com a navegação, você expressa seu consentimento com tais termos. Politica de Privacidade