Madrugada: O Palco dos Lanchinhos Noturnos e Como Combatê-los

Quem nunca sentiu aquela fome incontrol√°vel durante a madrugada? Apesar de ser um acontecimento comum, esses lanchinhos noturnos podem sabotar tanto a nossa sa√ļde como a qualidade do nosso sono. Veja como controlar esse h√°bito.

Publicado 15/08/2023 às 07:23 por Alex Torres

O que te faz assaltar a geladeira na madrugada?

√Č poss√≠vel que essa fome noturna seja um sinal de que sua alimenta√ß√£o diurna n√£o est√° adequada. Talvez voc√™ n√£o esteja consumindo a quantidade de calorias necess√°rias durante o dia. Outro fator √© o t√©dio, que muitas vezes nos leva a buscar na comida uma forma de entretenimento. A pr√°tica de assistir televis√£o durante a noite, por exemplo, √© frequentemente associada a beliscar algum petisco.

Al√©m disso, dist√ļrbios alimentares, como a compuls√£o alimentar e a s√≠ndrome da alimenta√ß√£o noturna, podem ser respons√°veis por esse apetite voraz. Nesses casos, a comida √© usada como uma maneira de lidar com emo√ß√Ķes como tristeza, raiva, ansiedade ou frustra√ß√£o, levando ao consumo excessivo mesmo sem fome. Essas condi√ß√Ķes s√£o frequentemente associadas √† obesidade, depress√£o e problemas de sono.

Por isso, é fundamental identificar a causa para que se possa buscar a melhor solução. Em alguns casos, o auxílio de profissionais pode ser necessário.

Durma mais e melhor

woman sleeping on bed under blankets

Manter uma rotina estruturada de alimenta√ß√£o e sono pode ajudar a distribuir melhor a ingest√£o de alimentos durante o dia, diminuindo a fome noturna. Estudos mostram que a falta de sono e a ingest√£o excessiva de alimentos est√£o relacionadas. Portanto, estabelecer hor√°rios regulares para comer e dormir pode ajudar a separar essas duas atividades, especialmente se voc√™ tende a acordar para comer durante a noite ou tem dificuldade em parar de beliscar quando o sol se p√Ķe.

Reduza o consumo de alimentos n√£o saud√°veis

Caso voc√™ tenha o h√°bito de petiscar √† noite, a mudan√ßa n√£o ser√° instant√Ęnea. Por√©m, isso n√£o significa que voc√™ n√£o possa come√ßar a fazer pequenas altera√ß√Ķes. Inicie reduzindo a quantidade de alimentos consumidos no final do dia. Al√©m disso, prepare snacks saud√°veis como edamame, cenouras picadas, iogurtes e frutas (mas aten√ß√£o, nem todas s√£o adequadas para o consumo noturno).

Um plano de alimenta√ß√£o tamb√©m pode ajudar a reduzir a ansiedade sobre a quantidade de alimentos que voc√™ est√° comendo, ajudando a distribuir as refei√ß√Ķes ao longo do dia.

Lide com a ansiedade e o estresse

A ansiedade e o estresse s√£o duas das raz√Ķes mais comuns pelas quais as pessoas comem mesmo sem fome. Por√©m, encontrar formas de aliviar as emo√ß√Ķes negativas sem recurso aos alimentos √© essencial. Um estudo realizado em 2003 mostrou que a terapia de relaxamento muscular progressiva pode ser uma solu√ß√£o eficaz. Ap√≥s oito dias de terapia, os participantes apresentaram taxas de fome mais altas pela manh√£ e mais baixas √† noite.

Tenha uma alimentação rica em proteínas

O consumo noturno excessivo pode ser um sinal de que sua alimentação diurna não está adequada. Alimentar-se corretamente durante o dia é uma estratégia eficaz para evitar os lanchinhos da madrugada. Pesquisas mostram que uma dieta rica em proteínas pode reduzir os desejos alimentares em 60% e cortar pela metade a vontade de comer à noite.

Se você sente que tem um problema emocional relacionado à comida, procure um médico. Ele saberá como ajudá-lo.

Empregamos cookies indispensáveis e tecnologias correlatas, conforme nossa Política de Privacidade. Ao prosseguir com a navegação, você expressa seu consentimento com tais termos. Politica de Privacidade