Pratos pré-cozidos ou congelados são recomendáveis? depende. Descubra o porquê

Uma análise aprofundada sobre pratos pré-cozidos, sua prevalência na alimentação moderna e como escolher as opções mais nutritivas.

Publicado 15/09/2023 às 15:47 por Alex Torres

Continua após a publicidade..

Em um mundo perfeito, os pratos pré-cozidos seriam a última opção ao escolhermos o que comer. Afinal, os defensores da nutrição tendem a desaconselhar seu consumo devido a uma série de razões. Contudo, na vida real, as coisas não são tão simples. A generalização em torno dos pratos pré-cozidos geralmente ignora uma realidade subjacente: existem opções mais saudáveis ​​e nutritivas, se você souber o que procurar.

O Crescimento dos Pratos Pré-cozidos na Espanha

Na Espanha, o consumo de pratos pré-cozidos está crescendo. As pessoas estão cozinhando menos e consumindo mais pratos pré-cozidos, uma tendência que é refletida nas decisões de compra. O estudo “Alimentação de Conveniência – Ready to eat” mostra que as pizzas, saladas prontas para consumo e batidos estão entre os itens mais populares. Grande parte desse consumo é justificado pela falta de tempo para cozinhar.

É importante entender, no entanto, que nem todos os pratos pré-cozidos são iguais. Enquanto alguns claramente não são aconselháveis para uma dieta saudável, existem outras opções que se destacam por seu valor nutricional.

Continua após a publicidade..

O que são Pratos Pré-cozidos?

Os pratos pré-cozidos são geralmente associados a alimentos ultraprocessados, mas isso nem sempre é verdade. São alimentos já cozidos que são vendidos embalados ou refrigerados e que requerem pouca manipulação antes de serem consumidos. Isso inclui conservas, alimentos congelados e embalagens a vácuo.

Existem diferentes tipos de alimentos que podem ser encontrados na categoria de pratos pré-cozidos. Isso inclui verduras e legumes, leguminosas, carnes e peixes, sopas, cremes e pratos populares como pizzas, massas e arrozes.

Os Detalhes dos Pratos Pré-cozidos

Os pratos pré-cozidos, no entanto, têm suas desvantagens. Por exemplo, eles costumam ter um maior número de calorias em comparação com suas versões caseiras. Isso ocorre porque geralmente contêm mais açúcares e gorduras. Eles também costumam ter uma quantidade maior de sal. Além disso, é comum encontrar uma longa lista de aditivos, variando de espessantes a conservantes. Embora sejam legais e não apresentem riscos à saúde, eles podem substituir ingredientes naturais mais saudáveis.

Como Escolher Pratos Pré-cozidos Mais Saudáveis

meat balls on oval white plate

Quando se trata de escolher pratos pré-cozidos, menos é geralmente mais. Isso significa que um prato pré-cozido com menos ingredientes processados é geralmente mais nutritivo. No entanto, isso não significa que seja garantia de equilíbrio nutricional. A informação nutricional do produto deve ser cuidadosamente analisada. Os pratos pré-cozidos menos saudáveis geralmente contêm uma grande quantidade de sódio, gorduras saturadas ou excesso de açúcares simples.

Benefícios dos Pratos Pré-cozidos

Apesar das críticas, os pratos pré-cozidos também apresentam vantagens significativas. Para aqueles que têm agendas cheias ou não possuem habilidades culinárias avançadas, esses pratos oferecem uma solução prática e rápida para se alimentar. Além disso, muitos fabricantes estão reconhecendo a demanda por opções mais saudáveis e estão reformulando seus produtos para atender a esse público. Portanto, além da conveniência, muitos pratos pré-cozidos também são feitos pensando no valor nutricional, ajudando indivíduos a manterem uma dieta equilibrada mesmo em meio à correria do dia a dia.

Impacto Ambiental dos Pratos Pré-cozidos

Uma consideração que merece atenção é o impacto ambiental associado à produção e consumo de pratos pré-cozidos. Devido à necessidade de conservação, muitos destes produtos vêm em embalagens plásticas, contribuindo para o aumento do descarte deste material. Além disso, o processo de produção em larga escala pode ter um impacto ambiental maior quando comparado ao preparo doméstico. Por outro lado, pratos pré-cozidos podem reduzir o desperdício de alimentos, já que são produzidos em porções controladas e têm uma vida útil mais longa. É essencial que, ao consumir esses produtos, os indivíduos estejam cientes do impacto ambiental e busquem alternativas sustentáveis.

Conclusão

A chave para uma alimentação saudável, mesmo com pratos pré-cozidos, é a moderação e a informação. Sempre verifique o rótulo e as informações nutricionais dos produtos que você consome. E lembre-se, nem todos os pratos pré-cozidos são iguais. Existem opções mais saudáveis disponíveis, você só precisa saber o que procurar.

Empregamos cookies indispensáveis e tecnologias correlatas, conforme nossa Política de Privacidade. Ao prosseguir com a navegação, você expressa seu consentimento com tais termos. Politica de Privacidade