As profecias de pedra e o Pilar 43, o que elas nos revelam sobre o fim?

Em meio às ruínas esquecidas e aos monumentos misteriosos, uma mensagem antiquíssima ecoa através do tempo, advertindo aqueles que ousam

Atualizado 04/02/2024 às 16:18 por Alex Torres

Continua após a publicidade..

Na vastid√£o silenciosa da Turquia, ergue-se um pilar de pedra, guardi√£o de um segredo que atravessa mil√™nios. Esse pilar, parte de uma estrutura colossal chamada Gobekli Tepe, √© conhecido como Pilar 43 e seu relato √© t√£o enigm√°tico quanto assustador. Trata-se de uma profecia que transcende a nossa era, um aviso para a civiliza√ß√£o do futuro ‚Äď para n√≥s.

As Ru√≠nas de Gobekli Tepe: um mist√©rio arquitet√īnico

O s√≠tio arqueol√≥gico de Gobekli Tepe desafia as no√ß√Ķes pr√©-estabelecidas da hist√≥ria humana. Datando de 11.600 anos atr√°s, sua exist√™ncia √© um anacronismo para a arqueologia. Como poderiam os antigos construir tamanhas estruturas, alinhando-as com as estrelas, em uma √©poca em que se acreditava que a humanidade mal havia come√ßado a erguer tendas?

  • Uma Civiliza√ß√£o Desconhecida: As pesquisas sugerem que Gobekli Tepe n√£o era meramente um lar, mas um local de profundo significado, alinhado com a estrela de Sirius e outras constela√ß√Ķes.
  • Uma Heran√ßa em Pedra: Com apenas 5% do local escavado, o que mais ser√° revelado sob o solo f√©rtil da Turquia?

O Pilar da Pedra do Urubu, como √© chamado o Pilar 43, possui um alinhamento espec√≠fico com a Constela√ß√£o de Escorpi√£o, desvendando um mapa estelar que aponta para eventos ocorridos h√° 13 mil anos. Esses eventos est√£o ligados ao Dryas Recente, uma era de mudan√ßas clim√°ticas dr√°sticas que culminaram em um grande dil√ļvio.

Continua após a publicidade..

Mensagens de desespero e pedidos aos deuses

No Pilar 18, a palavra ‚ÄúDeus‚ÄĚ emerge entre os s√≠mbolos, um poss√≠vel clamor por aux√≠lio no desespero de um cataclismo. As representa√ß√Ķes de uma chuva de meteoros das Tauridas nesse mesmo pilar sugerem que tal evento pode ter sido o agente da destrui√ß√£o em tempos passados.

Ao analisar as estruturas de Gobekli Tepe, percebe-se uma recorrência: a cada 13 mil anos, eventos cósmicos parecem reiniciar a civilização humana. E hoje, no mesmo período estelar que o Pilar 43 descreveu, enfrentamos nossa própria quota de desastres naturais, como se a história estivesse prestes a se repetir.

Seria este mais um alerta para a humanidade atual?

Embora n√£o haja amea√ßas conhecidas de meteoros colidindo com a Terra, a exist√™ncia dessas profecias em pedra nos convida a refletir sobre o conhecimento perdido de civiliza√ß√Ķes antigas e o que elas tentaram nos dizer.

A mensagem deixada pelos ancestrais em Gobekli Tepe não é um caso isolado. Outras culturas, como os Dogons e as estruturas da Planície de Gizé, também compartilham dessa sabedoria estelar e do legado dos visitantes de Sirius.

Assim, convidamos você a explorar esses mistérios mais a fundo e a considerar como nossas histórias podem estar interligadas de maneiras que ainda lutamos para compreender. O que aconteceu naquela era distante? E mais importante, poderia a história estar prestes a se repetir?

Nosso fascínio pelas estrelas e pelas mensagens ancestrais nos encoraja a olhar além do que conhecemos e a imaginar o que poderia ter sido. O que as antigas pedras ainda têm a nos ensinar? Talvez, com o passar do tempo, desvendemos mais segredos e compreendamos o verdadeiro significado das profecias do fim dos tempos.

Empregamos cookies indispensáveis e tecnologias correlatas, conforme nossa Política de Privacidade. Ao prosseguir com a navegação, você expressa seu consentimento com tais termos. Politica de Privacidade