Grande Anel Cósmico é visto no espaço e deixa astrônomos curiosos

Grande Anel Cósmico: Astrônomos descobriram uma estrutura cósmica gigantesca, apelidada de "Grande Anel", que desafia a compreensão atual

Publicado 18/01/2024 às 19:47 por Viviane Grecilo Torres

Continua após a publicidade..

A descoberta do “Grande Anel” é uma das mais recentes e impressionantes na astronomia, desafiando o entendimento atual sobre a estrutura e evolução do universo. Este anel gigantesco tem um diâmetro de aproximadamente 1,3 bilhões de anos-luz e foi identificado pela astrônoma Alexia Lopez da Universidade Central de Lancashire (UCLan). O tamanho colossal desta estrutura supera o limite teórico previamente aceito para estruturas cósmicas, que era de cerca de 1,2 bilhões de anos-luz. A existência do Grande Anel, juntamente com outra megaestrutura chamada “Arco Gigante”, descoberta anteriormente na mesma região do céu, sugere a necessidade de revisão ou mesmo de uma nova formulação do teorema cosmológico.

Interessantemente, o Grande Anel, apesar de seu nome, parece ter mais uma forma espiral, assemelhando-se a um saca-rolhas. Este detalhe é crucial, pois desafia as teorias cosmológicas atuais e as expectativas sobre a forma e distribuição das estruturas no universo. Ambas as estruturas, o Grande Anel e o Arco Gigante, estão localizadas perto da constelação de Boötes e podem ser parte de um sistema cosmológico conectado, levantando a hipótese de serem relíquias de uma época primitiva do universo.

Essas descobertas colocam novos enigmas para os astrônomos e cosmólogos, pois indicam que a compreensão atual do universo pode estar incompleta. A existência dessas estruturas gigantescas e sua proximidade rara desafiam o princípio cosmológico, que postula uma distribuição uniforme da matéria em grandes escalas. A comunidade científica está agora ansiosa por mais descobertas que possam fornecer insights cruciais para entender melhor a verdadeira natureza do universo e seu desenvolvimento

Continua após a publicidade..
Voltar ao topo

Posts relacionados

Empregamos cookies indispensáveis e tecnologias correlatas, conforme nossa Política de Privacidade. Ao prosseguir com a navegação, você expressa seu consentimento com tais termos. Politica de Privacidade