O Que Explica o Crescimento do Deísmo na Era Contemporânea?

Em tempos de incertezas e crenças variadas, o deísmo ganha espaço em uma sociedade que busca espiritualidade sem os tradicionais dogmas

Publicado 15/01/2024 às 19:34 por Alex Torres

Continua após a publicidade..

O Espírito da Época e a Virada Deísta

Contrariando as expectativas de um aumento no ateísmo, a era atual revela um movimento interessante: a ascensão do deísmo. Diferente do ateísmo, que nega a existência de Deus, o deísmo se apresenta como a crença em um Criador que, após estabelecer as leis do universo, retira-se e deixa sua criação funcionar de forma autônoma. Essa visão distante de um Deus “relojoeiro” influencia profundamente a cosmovisão contemporânea, sugerindo que a divindade, apesar de existir, não se envolve diretamente com o destino da humanidade.

A Mensagem Bíblica de um Deus Próximo

Em contrapartida à frieza do deísmo, a Bíblia propõe uma perspectiva de proximidade divina. O conceito de Emmanuel, que significa “Deus conosco”, enfatiza um Criador que deseja habitar entre suas criaturas e compartilhar de suas vidas diariamente. Esta ideia reflete-se na promessa do Natal, que vai além da redenção dos pecados e apresenta uma proposta de relacionamento constante e íntimo com Deus.

Salvação e Relacionamento Diário com Deus

black cake with green light

A salvação, muitas vezes entendida unicamente como o perdão dos pecados na cruz, abrange também o exemplo de vida deixado por Jesus e a possibilidade de um convívio diário com o divino. Os evangelhos ressaltam essa comunhão, exemplificada na promessa de Jesus ao ladrão na cruz, assegurando que estaria com Ele no paraíso ainda naquele dia. A ênfase aqui recai sobre a companhia de Jesus – o paraíso é onde Ele está, independentemente das circunstâncias ou posses materiais.

Continua após a publicidade..

O Mito da Autenticidade e o Exemplo de Jesus

Nossa sociedade valoriza a autenticidade, mas muitas vezes essa busca se revela vazia, pois nossas escolhas e gostos são influenciados pelo que contemplamos ao nosso redor. Nesse contexto, Jesus se apresenta como um modelo perfeito de humanidade, cuja vida foi dedicada a nos mostrar como viver guiados pelo Espírito Santo. Ao observar os atos e ensinamentos de Jesus, aprendemos a reagir às situações do dia a dia de maneira alinhada com os valores divinos.

O Natal é uma temporada que nos convida a refletir sobre a proximidade de Deus e o exemplo vivo de Jesus. Encoraja-nos a direcionar nosso olhar para o caráter e as ações de Cristo, a fim de moldar nossas reações e comportamentos diários. Ao contemplar Jesus, somos desafiados a viver uma vida mais humana e autêntica, rejeitando a superficialidade de uma existência pautada meramente pelas reações instintivas e pelo consumismo desenfreado.

Enfim, a celebração do Natal ecoa o chamado para um relacionamento genuíno e diário com Deus, resgatando o verdadeiro sentido de um Deus que não apenas nos criou, mas busca incessantemente caminhar ao nosso lado em cada aspecto de nossa jornada.

Referência: Douglas Gonçalvez by Jesus Copy

Empregamos cookies indispensáveis e tecnologias correlatas, conforme nossa Política de Privacidade. Ao prosseguir com a navegação, você expressa seu consentimento com tais termos. Politica de Privacidade