Comida de casa. Como a alimentação caseira contribui para a saúde e longevidade?

Alimentar-se bem vai muito além de satisfazer a fome. Ter uma dieta equilibrada significa, de fato, investir em uma vida com mais bem-estar e

Publicado 29/09/2023 às 15:25 por Alex Torres

Continua após a publicidade..

A opção de preparar a própria comida tem ganhado cada vez mais adeptos, e os motivos para isso são muitos. Antônio Wanderson Lack de Matos, nutricionista de renome, aponta que um dos principais fatores é o controle sobre a qualidade dos ingredientes. Com isso, torna-se possível optar por alimentos ricos em nutrientes e evitar os que são prejudiciais à saúde.

Já a Dra. Tassiane Alvarenga, médica endocrinologista e metabologista pela USP, enfatiza que uma dieta rica em alimentos naturais ajuda a controlar o peso, reduzir a pressão arterial e controlar os níveis de glicose no sangue. Ela também destaca a importância dos antioxidantes, minerais e vitaminas, que fortalecem o sistema imunológico e podem reduzir o risco de doenças como câncer e doenças cardiovasculares e metabólicas.

Prevenção de doenças através da alimentação

Uma alimentação saudável pode ser uma potente arma de defesa contra doenças crônicas. Reduzir o consumo de alimentos processados e ricos em açúcar, sal e gorduras saturadas, por exemplo, contribui diretamente para a prevenção desses problemas de saúde, segundo a Dra. Tassiane Alvarenga.

Continua após a publicidade..

O consumo regular de alimentos ricos em fibras, como aveia e leguminosas, ajuda a controlar os níveis de colesterol, prevenindo doenças cardíacas. Já os ácidos graxos ômega-3, encontrados em peixes gordos como salmão e sardinha, apresentam benefícios na prevenção de doenças cerebrovasculares.

De acordo com o nutricionista Antônio, algumas das principais doenças que podem ser prevenidas com uma dieta saudável e equilibrada são:

  • Diabetes tipo 2;
  • Doenças cardíacas;
  • Hipertensão arterial;
  • Obesidade.

Os imprescindíveis em uma refeição saudável

person in white t-shirt holding red round fruits

Para manter a saúde em dia, Dra. Tassiane Alvarenga ressalta a importância de uma dieta variada, com alimentos ricos em nutrientes e minimamente processados. Isso inclui proteínas magras, vegetais coloridos, grãos integrais e gorduras saudáveis. A hidratação adequada também é fundamental, assim como o consumo de alimentos fermentados, que promovem a saúde intestinal e melhoram a imunidade.

Antônio Wanderson Lack de Matos ainda reforça a necessidade de incluir em uma refeição saudável:

  • Proteínas magras;
  • Fibras;
  • Gorduras saudáveis;
  • Vitaminas e minerais variados;
  • Hidratação adequada.

Dicas para uma rotina alimentar mais saudável

Adriana Katekawa, certificada em Coaching de Culinária pela Harvard Medical School e Institute of Lifestyle Medicine, oferece algumas orientações para quem deseja melhorar a alimentação da família:

  • Planejamento e organização;
  • Lista de compras;
  • Sazonalidade;
  • Variedade;
  • Envolvimento da família;
  • Cozinhar em grandes quantidades;
  • Educação.

A importância de repensar a relação com a comida

Para que a mudança de hábitos seja realmente efetiva, Adriana ressalta que é fundamental aprender a reconhecer porções adequadas, não vilanizar ou superestimar alimentos e experimentar preparos diferentes. Além disso, priorizar refeições em família e cozinhar em casa, mesmo que uma ou duas vezes por semana, pode fazer toda a diferença.

Assim, percebemos o quanto a alimentação caseira pode contribuir para uma vida mais saudável e longeva. Que tal começar hoje a investir nesse hábito?

Benefícios psicológicos de cozinhar em casa

person slicing parsleys

Cozinhar em casa não é apenas benéfico para a saúde física, mas também para o bem-estar emocional. Segundo a Dra. Tassiane Alvarenga, o ato de cozinhar pode ser uma forma de terapia ocupacional, ajudando a reduzir o estresse e a ansiedade. Além disso, preparar as próprias refeições oferece um senso de realização e autonomia, o que pode melhorar a autoestima e a percepção de autoeficácia. É também uma excelente oportunidade para passar tempo de qualidade com a família, fortalecendo laços emocionais.

Sustentabilidade na alimentação

O nutricionista Antônio Wanderson Lack de Matos também chama atenção para o impacto ambiental das escolhas alimentares. Ele sugere priorizar alimentos locais e da estação, que não só são mais frescos e nutritivos, mas também têm uma pegada de carbono menor. Além disso, a compra de produtos orgânicos e o cultivo de uma horta caseira são ações que contribuem para uma alimentação mais sustentável e um planeta mais saudável.

Empregamos cookies indispensáveis e tecnologias correlatas, conforme nossa Política de Privacidade. Ao prosseguir com a navegação, você expressa seu consentimento com tais termos. Politica de Privacidade